Valor de condomínio prejudica vendas e locações?

Blog Miguez

Valor de condomínio prejudica vendas e locações?

Miguez 02/11/2019 Compartilhar

Milhões de brasileiros sentem doer no bolso todo mês o pagamento de seus   condomínios, muitos desses sem nenhum serviço importante ou adicional que pudesse justificar dolorosa situação. Síndicos desafiados na conciliação de receitas e despesas, onde  a saída  parece ser sempre as recorrentes  taxas extras, vivem numa corda bamba tentando equilibrar as contas que nunca fecham.  Solução paliativa é o máximo que se consegue após exaustivas reuniões e mesmo assim, estas tendem a encarecer “o custo manutenção do ativo imóvel” pesando de forma a até mesmo endividar proprietários que muitas vezes dependeriam daquele patrimônio como forma de rendimento. Tudo se tornou caro nessa sociedade chamada “Prédio”.

 Os altos valores relacionados com folha de pagamento, composto por forte carga tributária, somado aos serviços de luz, água, manutenção de portões, elevadores, internet, segurança, vigias, administradoras, síndicos de aluguel, entre outros,  fazem parte do complexo mundo administrativo dos prédios residenciais de nossa cidade e do resto do Brasil.

 Além dos fatores mencionados, todos com algum grau de previsibilidade, existe  outro aliado extremamente negativo, cuja a possibilidade de estar presente no atual momento, é cada vez mais comum, chama-se “inadimplência”. A famigerada inadimplência que envergonha, prejudica e encarece a vivencia dessa sociedade  de condôminos, são  oriundas da  perda salarial no mercado de trabalho e do absurdo desemprego que acomete a nação e o estado do RJ.

Aproveito para ressaltar que o estado do RJ, cuja cidade em outrora era uma referência brasileira, vive  um forte  momento de decadência econômica, composto ainda  por falta de segurança pública, ausência de inclusão social entre outros    que interfere diretamente no macro setor econômico imobiliário.

A  economia  patrimonial de inúmeros  proprietários vem se dilacerando, levando a busca por saídas muitas vezes inadequadas. Valores elevados de condomínio traduzem prejuízos aos proprietários que desejam vender ou alugar seus imóveis, um ativo tradicionalmente “querido” por nossa sociedade, carece de investimento e soluções inteligentes que busquem não mais procrastinar a crise que assola o setor por inúmeras vias. Deixe seu comentário nos canais abaixo  para  assuntos imobiliários (Avaliar, Administrar, Vender e soluções condominiais) e só procure quem tem excelência no assunto.   


Comentários e Sugestões: consultoriamiguez@gmail.com

Nossas Redes Sociais

 www.instagram.com/miguezimob

https://www.facebook.com/miguezimoveis

Titulo aqui

close