Série: Sistêmica Corrupção agride o Mercado Imobiliário - 2ª Matéria: Olhando para dentro

Blog Miguez

Série: Sistêmica Corrupção agride o Mercado Imobiliário - 2ª Matéria: Olhando para dentro

Esplendor 17/10/2017 Compartilhar

OLHANDO PARA DENTRO

É comum falarmos de políticos, servidores públicos e algumas profissões que possuem capacidade de manipulação, mas a questão não se resolve olhando para o outro. O primeiro passo é olhar para si e assumir responsabilidades. A única forma que temos de mudar qualquer estrutura de relacionamento corrupto que faça parte de nosso ambiente, é investigando a nossa participação no processo. Estamos coniventes, omissos ou apenas indignados?  Conforme nosso estado de consciência e capacidade de ação, iremos agravar ou estancar essa indesejável hemorragia.


Uma vez que cortarmos na carne de forma cirúrgica e assertiva, melhoraremos nosso ambiente, e aí sim, poderemos esperar reverberar em outras instâncias aquilo que plantamos em nosso limitado quadrado.

O INÍCIO  

Será que existe um início da corrupção, tratando-se do Brasil? Buscando exemplificar o que vem de longe, lembro-me do filme “Carlota Joaquina”, produzido pela brilhante Carla Camurati e seu magnífico elenco, encabeçado por ícones como Marieta Severo, Nanini, entre outros. Essa latina película mostrou, com humor, verdade e excelência dramatúrgica, a corrupção presente no Brasil ainda Colônia. Será que isso poderia justificar e coroar os dias atuais, se pensarmos no processo de semeadura e colheita? Essa semente centenária, ou milenar, se pensarmos no planeta, é cultivada pelos apoderados miserabilistas das sociedades, em seus respectivos tempos, e cultivadas pelos mesmos das gerações seguintes, que dilaceram e matam sonhos e pessoas.

UM DESEJO

Assim como eu, outros profissionais e empresas da área imobiliária não suportam mais serem violentados pelo transgressor e sistêmico modelo de corrupção que permeia a classe de corretores.  Desejamos viver em um cenário onde a palavra ÉTICA não seja a parte que compõe um texto, cuja hipocrisia é o ponto culminante, dessa roupagem medieval. Os conchavos de alguns, que empobrecem a nossa atividade, não podem sobrepor o exercício cívico que essa profissão detém sobre toda sociedade, portanto, que a ÉTICA seja o ponto central e soberano desse mercado, apoiada por nós, os intolerantes aos que enfeiam nossa classe.

PREPARANDO O RECIPIENTE

Tudo que irei falar é chocante, porém comum ao meio. Não existirá, em nenhum exemplo a ser relatado, apenas um único personagem. Será sempre necessário mais de um atuante para elaborar e desenvolver os filmes que vocês verão. O bem, para ser praticado e reconhecido, assim como o mal, precisa de espelho e palco.  A ignorância pode salvaguardar o indivíduo, mas na medida em que este adquire “qualquer que seja um novo saber”, a ignorância implode, dando lugar à possibilidade de uma nova ESCOLHA – O tal do livre arbítrio!

Ao receber as informações abaixo, você poderá escolher mudanças imediatas, ou não, mas o fato é: Não mais serás ignorante quanto às possibilidades da corrupção no mercado imobiliário; seja você um profissional antigo ou novo, um cliente ou curioso, caberá a ti ajudar a transformar essa caótica realidade. É sempre possível buscar transformação no que lhe faz mal. É simples, porém não é fácil”.


Acompanhe nossa série de matérias!


Matéria Anterior:
1ª Matéria da série: Sistêmica Corrupção agride o Mercado Imobiliário  - Dia 19/09/2017


Próxima Matéria:
3ª Matéria da série: Corrupção no setor Imobiliário - "Exposição dos fatos: I - Tráfico de Mercadoria" - Dia 24/09/2017