Aprenda a ser sustentável dentro de casa

Blog Miguez

Aprenda a ser sustentável dentro de casa

Equipe Miguez 17/10/2017 Compartilhar

Existem várias formas de praticar a sustentabilidade em casa, entre elas a mais conhecida é fazer a coleta seletiva do lixo doméstico, mas antes de falar sobre isso... Você sabe o que significa ser sustentável?

Sustentabilidade é uma palavra cada vez mais comum no cotidiano das pessoas, porém a maioria erra ao pensar que ela só se refere a lixo ou cuidar de matas. Além disso, a sustentabilidade tem a ver com o planeta, com um ecossistema melhor e, consequentemente, um cotidiano melhor.

Nesse artigo vamos mostrar que ser sustentável dentro de casa pode ser muito mais fácil do que você imagina. Afinal, o futuro já chegou e quanto mais rápido você mudar suas atitudes, mais qualidade de vida você leva para o dia a dia de sua família.


Produção de Lixo

Você sabia que a produção de lixo no Brasil é cinco vezes maior que o crescimento populacional? De todo esse lixo produzido, 30% poderia ser lixo reciclado, mas apenas 3% realmente é. O desperdício de alimentos também alcança níveis absurdos.

Tenha mais atenção no seu dia a dia, reduza seu lixo. Use menos descartáveis, por exemplo. Além de aumentarem o volume de lixo, eles demoram mais tempo para se decompor no meio ambiente.

Prefira produtos com refil, assim não tem mais uma embalagem plástica indo para o lixo.


Consumo excessivo e desperdício

A questão do lixo está diretamente ligada ao consumo excessivo, ao modelo de publicidade que incentiva o consumo desenfreado e, consequentemente, o desperdício de muitos itens, sejam eles alimentos, brinquedos ou roupas.

Uma boa dica para não desperdiçar alimento é usar cascas, talos e outras partes de alimentos geralmente descartadas.

Não deixe torneiras e luzes ligadas sem necessidade. Isso ajuda a ser sustentável e ainda diminui a conta no fim do mês! Reutilize a água da máquina de lavar para limpar o quintal, se possível armazene água da chuva (sempre tampada, não queremos criar um foco de dengue) e lave seu carro com balde. São atitudes simples que geram um resultado gigante.


Como separar lixo?

Não é da cultura de boa parte dos brasileiros separar o lixo em casa e fazer uma coleta seletiva, mas isso é essencial para a sustentabilidade em casa. Se você não tem esse hábito, comece separando o lixo seco (papel, plástico, latas e etc) do lixo úmido/orgânico (restos de alimentos) e tenha cuidado ao descartar vidros e lâminas.

Além disso, lâmpadas, pilhas, baterias e aparelhos eletrônicos soltam elementos tóxicos quando jogados no meio ambiente. Descarte-os em locais de coletas específicos.

Descartar óleo pelo cano da pia também é um dos grandes inimigos da sustentabilidade dentro de casa. Quando descartado dessa forma, fica impossível tratar a água que vai pelo esgoto. O ideal é colocar em uma garrafa PET e levar a locais de coleta específicos.

Reciclar

Reciclar é uma urgência no mundo atual e há muitas formas de reciclar em casa. Se possui uma horta, jardim ou até vasos de plantas pequenos, saiba que resto de frutas e legumes também servem de adubo. Se já aproveitou cascas e talos como alimentos e mesmo assim sobrou algo, fazer adubo é uma forma de evitar desperdício dando uma outra utilização ao que iria para o lixo.


Reduza

Como já citamos nos itens anteriores, é necessário reduzir. Reduza o consumo de alimentos, reduza o uso de descartáveis, reduza o lixo, aproveite a luz natural do dia ao máximo.

Também não compre roupas sem necessidades, doe as que já não usa, faça doação de brinquedos e móveis inúteis para você.

Tem sempre alguma coisa sobrando em casa que pode servir para outra pessoa, sem precisar ir para o lixo. Essas atitudes geram até resultado financeiro. Quem consume mesmo, gasta menos e pode poupar mais.

Troque as lâmpadas comuns por lâmpadas de LED. Elas são mais caras, mas a longo prazo representam uma economia de até 85% na conta de energia

Evite também o uso de sacolas plásticas. Quando for ao supermercado, por exemplo, prefira usar sacolas de nylon ou outro tipo de matéria prima que não seja plástico.


Eco Friendly Products e outros móveis

Reciclagem em casa vai além de apenas separar lixo, como citamos. Aposte em móveis reciclados e até Eco Friendly Products. No lugar de madeira, prefira móveis feitos com bambus, além de ser mais barato, ele é mais resistente. Móveis de acrílico também são uma boa alternativa.

Ao fazer compras, verifique se a embalagem possui a etiqueta “biodegradável”, eles se decompõem mais rápido e através de microrganismos, o que não prejudica o meio ambiente.


Tintas

As tintas “normais” possuem muitos componentes químicos prejudiciais ao meio ambiente e a sua saúde. Exatamente por isso, quando decidir pintar sua casa ou apartamento, escolha tintas ecológicas e naturais. Além de ajudar o meio ambiente, evita possíveis alergias.


Plantas

As plantas servem como decoração em casa, mas também é natureza dentro do seu mundo individual. São boas opções para renovar o ar e desintoxicar o ambiente.

Por fim, saiba que ser sustentável em casa gera harmonia entre seres humanos e meio ambiente, traz economia financeira, bem-estar e qualidade de vida, mas para que ela dê resultados, a sustentabilidade dentro de casa precisa ser praticada diariamente. Nenhuma mudança de hábito é fácil, mas nesse caso vale a pena para o seu presente e para o futuro do planeta.


Titulo aqui

close